The Client Said No: uma banda com músicas rejeitadas pela publicidade

Você já se perguntou o que acontece com músicas feitas para comerciais?
Ou melhor, você sabia que não é só de jingles ou trilhas sonoras com apenas 30 segundos de duração que as produtoras de áudio de publicidade vivem?

Ao longo do ano, diversas músicas com começo, meio e fim  são compostas e produzidas exclusivamente para comerciais. Músicas com aproximadamente 3 minutos de duração, vocalista e banda completa, não muito diferente que você escuta nos festivais, no celular ou no carro.

Só que diversas dessas músicas, para não dizer a maioria, são recusadas pelos clientes e agências de publicidade e acabam engavetadas nos arquivos dessas produtoras.

Vendo a pilha de canções aumentar, o produtor musical Lucas Mayer resolveu dar uma segunda chance a elas. Ele se juntou com mais quatro produtores de São Paulo para transformar as músicas rejeitadas pelos seus clientes em repertório para uma nova banda. 

Batizada com um nome mais didático possível, a banda  “The Client Said No” começou como uma válvula de escape após longas de jornadas de trabalho ouvindo os clientes dizerem não, para tomar um novo rumo: fazer uma tour pelo Europa, terminando em um dos maiores festivais de criatividade do mundo: Cannes Lions.

Curiosa como essa dinâmica de músicos e publicitários acontecia, resolvi acompanha-los dessa jornada por 5 países para documentar não só a vida na estrada, mas também para entender como funciona o briefing e composição de músicas, as diferenças entre música feita sob demanda e feita pela arte e, principalmente, como o não dado pelo cliente tem sido ressignificado por eles.

A série quinzenal com 6 episódios começa em Milão, na Itália, e o primeiro álbum já está disponível no Spotify. Lembrando que as marcas já começaram a se interessar nos sons da banda e por causa disso eles começaram a perder algumas músicas do repertório, licenciando as músicas para outros comerciais e campanhas. Então, vale a pena ouvir antes que o repertório mude completamente.

Além disso, você também pode segui-los no Instagram.

Default image
Iris Fuzaro
Produtora e videomaker. Viaja o mundo fazendo músicas e documentando tudo com o seu projeto Le Tour Du Monde, um álbum gravado nas ruas de diversas cidades do mundo.

One comment

  1. Meu! Que sacada legal!
    (Não suportei o nome da banda! hahhahaha)

    E as músicas são bem consumíveis, hein?

Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh