Ding-dong!

Você abre a porta de casa e tem um pack de Gatorade te esperando. Ué, mas quem me mandou isso?

E não é que o Gatorade de casa tava acabando mesmo?

Bruxaria powered by Amazon.

O objetivo do Amazon Dash Smart Shelf é que você não precise lembrar nem de fazer algumas de suas compras, principalmente aquelas mais repetitivas, de reposição recorrente. A prateleira (que é na verdade uma balança ligada a sua rede de internet) detecta quando a carga está ficando muito leve e encomenda uma reposição de produto, sem que você precise fazer nada.

Na prática, você começará a tropeçar em produtos na porta da sua casa que você nem sabia que estavam prestes a acabar. Claro que não é pra tudo, afinal você foi colocado de lado na decisão da compra. Mas é perfeito para aquele tipo de compra “chata” de fazer, como o papel higiênico, fraldas, o sabão em pó ou a ração do seu pet. Coisas que você vai ter que comprar mais cedo ou mais tarde, porque são reposições de estoque.

Essa é a visão da Amazon para o nosso futuro de compras sem interface: você não vai precisar nem falar mais com a Alexa, que era o que a gente imaginava que fosse o jeito mais moderninho e fácil possível. Nope.

A tecnologia não é inédita no universo do varejo e faz parte das muitas automatizações do setor. O próprio Dash Smart Shelf já existia para empresas médias e pequenas desde 2019, mas agora vai começar a ser comercializado para uso residencial (nos EUA).

A prateleira vem em três tamanhos: pequeno (17cm por 17cm)), médio (30cm por 25cm) e grande (45cm por 33cm).

Cada prateleira custa US $ 20, independentemente do tamanho. Barato, levando-se em consideração a tecnologia e o benefício.

A balança é de plástico preto e vem com quatro pilhas AAA, que devem durar cerca de dois anos.

Wagner Brenner

Fundador e editor do Update or Die.

Sugestões Nessa Categoria