A transformação digital e a importância dos conteúdos de humor

Durante a pandemia aumentou a busca por conteúdos de humor e também a influência do TikTok em apps concorrentes.
nbsp

Sabemos que a pandemia influenciou o mundo inteiro.  A maioria das pessoas, por exemplo, teve que mudar rotinas e hábitos de comportamento. Uma delas – e talvez a mais evidente – é o uso cada vez mais frequente de aplicativos que dão destaque para os conteúdos de humor e entretenimento.

Mas por que esses apps estão fazendo sucesso?

Hoje em dia é importante ressaltar que o sucesso desses aplicativos está atrelado ao branding robusto construído pelas marcas, mas também a alta procura das pessoas por conteúdos engraçados, principalmente por estarem em casa devido o isolamento social e, também, com o objetivo de distrair a mente dos problemas e focar em assuntos agradáveis e divertidos.

Novo cenário

Com toda essa mudança na procura por materiais engraçados, o cenário mudou para o criador de conteúdo. “Hoje não basta apenas ter fotos bonitas, os criadores precisam investir em publicações com teor humorístico e ficar atento aos memes, tendo em vista que o engajamento desse tipo de conteúdo é extremamente alto, devido principalmente, à elevada taxa de compartilhamento que geram”, afirma o especialista em mídias sociais Aldrin Nery

Hoje, um dos apps mais utilizados para este tipo de conteúdo é o Tik Tok. A rede social está no mercado desde 2016, mas diversos fatores de 2020 corroboraram para a aceleração e a escalabilidade do negócio. Nesse quesito, podemos comentar sobre estratégias e ações tomadas pela empresa e que tem como foco usuários e usuárias da plataforma, uma das ações é uma espécie de retribuição, isso significa que a ação está intrínseca ao ato de retribuir os e as internautas toda vez que visualizam os vídeos da rede social, o que Aldrin considera uma ótima estratégia para reter e fidelizar o público.

Através dessa nova tendência de produzir conteúdos multimídias e viralizar na internet, o Instagram, app concorrente, começou a ter funções semelhantes às do TikTok, como por exemplo o Reels. “Hoje o Instagram chega a ter um sistema de reconhecimento sobre a produção de vídeos, se tiver a logo do app vizinho o alcance aos seguidores são diminuídos, ou seja, eles querem que a pessoa produza o vídeo na plataforma e aí sim a entrega será otimizada. É uma troca entre o criador de conteúdo e o Instagram”, explica o especialista. 

Com o público dividido, os dois aplicativos seguem investindo em conteúdos engraçados. O TikTok anunciou nestes dias que irá aumentar o tempo máximo de gravação, com o objetivo de prender o usuário por mais tempo na plataforma. Já o Instagram se posicionou como uma rede social de vídeos e não mais de fotos, agora irá engajar muito mais os vídeos engraçados do que apenas fotos bonitas, mas muitos usuários não gostaram da mudança anunciada.

Jennifer de Paula

Carioca, morando atualmente em Portugal e especialista em MKTD. Quero dividir algumas dicas de como descomplicar e desmistificar oMarketing Digital para ajudar na construção de imagens de um jeito certo, eficaz e duradouro.

post anterior
nbsp

Burger King Brasil e Domino´s se associam e criam gigante do fast-food

próximo post
nbsp

Spice Girls celebra 25 anos de Wannabe com EP e música inédita

relacionados