O rebranding do “Starbucks” russo

Chegou a vez do Starbucks ser surrupiado descaradamente em mais um caso de roubo de propriedade intelectual do ativo mais valioso da marca. Seria essa a versão socialista de como praticar o capitalismo?
nbsp

Depois do bizarro rebrand do “McDonald’s”, agora é a vez do Starbucks ser surrupiado descaradamente. Em maio, a cadeia de cafés da sereia anunciou que sairia do mercado russo, vendendo suas lojas para investidores locais. As 130 lojas do Starbucks foram finalmente compradas no mês passado pelo rapper russo Timati, um dono de restaurante chamado Anton Pinskiy e a holding Sindika. 

Os novos donos rapidamente renomearam as cafeterias, que virou a “ Stars Coffee ”.

O logo mantém a forma circular, mas em vez de uma sereia, tem uma mulher de cabelos compridos usando uma ushanka (aquele chapéu/gorro tradicional da Rússia), decorada com estrelas. E as cores turquesa e marrom substituem o preto e verde da Starbucks. Os copos também têm estilo semelhante, com o logo dominando a frente, mas tudo com a nova paleta de cores. A maior parte do cardápio permanece o mesmo, com clássicos como lattes, mochas, frappes, flat whites e macchiatos de caramelo.

Até agora, a Stars Coffee abriu um local em Moscou, dando aos fãs da Starbucks uma prévia do substituto da marca. 

Wagner Brenner

Fundador e editor do Update or Die.

post anterior
nbsp

Entre Facas e Segredos 2: fotos e data de estreia

próximo post
nbsp

A caixa de sapato biodegradável da Adidas

relacionados