Você é o que você escuta.


O Spotify for Brands é o nosso grande parceiro deste ano no projeto editorial em Cannes. Além de patrocinarem parte importante do evento, estão lançando uma pesquisa muito interessante que demonstra como a nossa maneira de escutar música reflete quem somos.

Pode parecer bastante simples essa afirmação, mas é ótimo termos ferramentas para entender melhor as pessoas por meio deste tipo de comportamento (através da música). O legado da marca é essa vontade de aprimorar a inteligência para ajudar parceiros a impulsionar campanhas, desenvolver peças criativas direcionadas e a encontrar a melhor maneira de maximizar eficácia de esforços. Uma das coisas mais legais que tenho estudado ultimamente.

Você é o que você escuta.

A música reflete quem somos, o que estamos fazendo e como nos sentimos em um determinado momento. Para mim, isso sempre me acompanhou (a vida toda). Agora, graças ao streaming, esses momentos nos acompanham mais do que nunca.

O Spotify analisou a maneira como mais de 140 milhões de pessoas escutam música e identificou hábitos exclusivos relacionados ao streaming. Os usuários são de diferentes lugares do mundo e a pesquisa quis descobrir como seus hábitos de streaming se relacionam com sua vida offline. O que isso significa? Seus traços de personalidade e suas opiniões sobre marcas até seus comportamentos de compra.

Ou seja: são resultados interessantíssimos que podem ser o mais novo componente de uma inteligência de streaming. Uma compreensão geral que o Spotify tem do seu público e que pode ajudar o mercado a atingir, no contexto certo, seu público com a mensagem certa.

A pesquisa identificou 3 hábitos de streaming com base nos dados:

01. DISCOVERY

Avalia em que medida as pessoas buscam ouvir músicas que não conheciam antes. São consistentes e exploradores. Por um lado escutam sempre a mesma música e adoram e são os que buscam músicas novas e músicas que nunca ouviram antes. Este perfil tem a maior probabilidade de recomendar uma marca ou empresa a uma amigo (confiam no que gostam). É, também, o perfil que, por exemplo, está aberto a experimentar novos produtos e a conhecer novos lugares.

02. DIVERSITY

Avalia a diversidade das músicas que as pessoas escutam. São pessoas leais e ecléticas. Os leais escutam sempre o mesmo estilo de música e os ecléticos escutam músicas de vários estilos e não ficam presos a um gênero específico. Eles têm, por exemplo, maior probabilidade de comprar algo como resultado direto de ter visto um anúncio e a consumir streaming em diversas plataformas. O que ajuda e muito a direcionar projetos.

03. TILT

Aqui fica bastante interessante e acredito ser o que mais combina com o UoD. Avalia em que medida as pessoas fazem curadoria da sua experiência de streaming. O perfil dos “despreocupados” é aquele em que a música fica tocando ao fundo. Aqueles que preferem playlists montadas por outras pessoas, enquanto os “curadores” são aqueles que montam as suas playlists e entendem a importância da música certa na hora certa.

Os novos hábitos permitem conhecer muito melhor o seu público-alvo. Na pesquisa, alguns exemplos aplicados a três públicos diferentes e propostas para alcançá-los:


O Esquentannes Lions é um oferecimento do Spotify for Brands, o seu guia para entender o poder do áudio em um mundo cada vez mais móvel. Acompanhe nossa cobertura direto de Cannes, aqui pelo site e também pelas nossas redes sociais. Siga para não perder o melhor do maior Festival de Criatividade do mundo.


Also published on Medium.


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

Like! Like!
8
Like!
Amei! Amei!
1
Amei!
LOL LOL
0
LOL
OMG OMG
0
OMG
Geek Geek
0
Geek
Triste Triste
0
Triste
Raiva Raiva
0
Raiva
WTF WTF
0
WTF

Comments 2

Your email address will not be published. Required fields are marked *