Fóssil de baleia de 4 patas é encontrado no Peru

“Peregocetus pacificus”, o mamífero que viveu há cerca de 43 milhões de anos chegava a quatro metros de comprimento, possuía quatro patas, cauda, dedos longos e focinho comprido.

A descoberta foi anunciada na última quinta-feira (4) por cientistas do Real Instituto Belga de Ciências Naturais e publicada no periódico Current Biology. “Acreditamos que ele se alimentava na água, e que sua locomoção era mais fácil nela do que fora”, afirmou o paleontólogo Olivier Lambert.


Os cientistas acreditam que o Peregocetus era capaz de sair do mar para parir ou para descansar e que sua alimentação era feita debaixo d’água, já que possuía cauda muito semelhante a das lontras (o que facilitava no deslocamento subaquático) e dentes robustos que permitiam capturar presas de tamanho médio.

O “Peregocetus pacificus” representa o esqueleto de baleia quadrúpede mais completo fora da Índia e do Paquistão e sugere que, ao ser encontrado no Peru, essa espécie se espalhou do Sudeste Asiático para o Norte da África, atravessando o Atlântico Sul rumo às Américas.

Default image
Gustavo Giglio
Sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios/projetos especiais.
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh