in

WIRED publica matéria sobre os terríveis últimos 15 meses do Facebook

A matéria começa com um resumo claro: “Escândalos. Traição. Renúncias. Lucros recorde. Problemas em sua direção. No início de 2018, Mark Zuckerberg decidiu consertar o Facebook. E como foi o resultado?
E logo após com uma citação do World Economic Forum, em Davos, em 25 de Janeiro, 2018 : “Empresas de mineração e petróleo exploram o ambiente físico; empresas de mídia social, como Facebook, exploram o ambiente social” (…) “Os donos dessas gigantes plataformas se consideram os mestres do universo, mas na verdade eles são escravos da preservação da sua posição dominante” (…) “Davos é um bom lugar para anunciar que seus dias estão contados”.

A frase, citada por George Soros, com contexto que poucos entendiam na época, foi o primeiro passo para as empresas digitais, que já tinham seu próprio bunker no mesmo evento, discutirem o problema identificado com fake news e informações de usuários sendo capturadas e utilizadas de modo ilegal, o que viria a ser o Cambridge Analytica. Ação que foi identificada meses antes pelas empresas, mas para o público só foi liberado após matérias liberadas em Março do mesmo ano pelo The Guardian e The New York Time. – WIRED, então, resolveu compilar um registro desses últimos 15 meses de tudo o que aconteceu atrás das portas da maior rede social do planeta, Facebook, e seu criadorMark Zuckerberg.

Capa de Maio, 2019 – WIRED.
Ficou claro que, depois do cambridge analytica, tudo mudou dentro da empresa. Facebook mudou dezenas de vezes seu algoritmo, tiveram exaustivas reuniões preocupantes que impactou a cultura da empresa, e geraram dezenas de mudanças internas, como a contratação de30 mil pessoas para controle e segurança, sendo 15 mil moderadores humanos, distribuídos em 20 fabricas gigantes de moderação ao redor do planeta. Isto, até a criação de inteligências artificiais para fazerem as moderações, já que os humanos, em questão, começaram a sentir problemas mentais e de saúde com o trabalho (assunto abordado em um dos episódios de Patriot Act with Hasan Minhaj , na Netflix). Mas, em contrapartida, também gerando problemas para o IA em identificar a verdade, já que a mesma pode ser relativa não só ao assunto em questão, como sobre quem está publicando.

Photo illustration by Jake Rowland

Capa de Março, 2018 – WIRED
Contratações, demissões, ** ,** falar em frente ao congresso lidar com as fusões do Instagram e WhatsApp, e vazamento de informações – três somente nos últimos dois meses, faz com que a matéria da WIRED seja uma peça importante de leitura e informação sobre esse gigante tech que esta no seu pior período. Todo impacto da empresa, terá um impacto gigante no ambiente social digital ao redor do planeta.
15 Months of Fresh Hell Inside Facebook by Wired
Você pode ouvir a matéria completa no áudio acima, e acompanhar lendo 15 Months of Fresh Hell Inside Facebook by Wired .

” http://s3.amazonaws.com/audm-prod/singlefile-facebook-cover-0c9f2c32-f41f-4dac-a3f3-3506923adfdb.m4a ” *LINK do AUDIO para INCORPORAR caso quiser manter – =D

Reportar

Hero

Escrito por Julio Moraes

Julio Moraes é empresário e atua na área de estratégia e planejamento em Marketing & Digital há mais de 16 anos e conta com trabalhos em mais de 20 empresas nacionais e internacionais. Atualmente vivendo e trabalhando em Los Angeles e com trabalhos ganhadores do EMMY® - The Television Academy e indicados ao HFPA® Golden Globes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote