14.1 C
Sao Paulo
17/11/2019
Sem categoria

Guia de podcasts para quem trabalha com marketing e publicidade

Exatamente como a jornalista e escritora Cora Ronai citou em uma publicação no Facebook (em um de seus textos para O Globo), a impressão que dá é que existe mais do que pessoas ouvindo…

"No momento, podcasts são febre no Brasil. Todo mundo faz podcast. Às vezes, tenho a impressão de que há até mais gente…

Posted by Cora Ronai on Wednesday, July 10, 2019

E tem um motivo, a facilidade de criar, publicar e tentar ganhar sua audiência atrai uma quantidade grande de pessoas que tem pensamento rápido e quer compartilhar logo o que esta aprendendo ou já sabe, a parte que poucos enxergam se encontra na produção, roteirização, organização, persistência e constante motivação. Além, claro, de ser bom o suficiente para conseguir apoio financeiro, seja da audiência ou de empresas.

Existem alguns caminhos para explicar o boom do podcast, mas entraríamos um pouco em um cenário complicado de questões políticas de nosso país. Sim, Brasil é um dos países mais atrasados do planeta quando o assunto é rádio digital, – a tecnologia que impulsionou a alta popularidade, e rentabilidade, dos podcasts no US e UK – e isso, por si só, faz com que o Brasil pareça um país parado logo após a segunda guerra mundial, quando o assunto é comunicação via rádio.

Indico pesquisar sobre o assunto no BR e US, especialmente ver o por que radialistas de grande destaque preferem rádios 100% digitais e só acessadas por sinal digital – ou internet – que garante total cobertura do país e além.

Mas, voltando ao assunto…

Brasileiros tem investido em podcast desde antes existir esse mercado grande de músicas via streaming, ao menos no país, popularizado mais ainda graças a serviços como Soundcloud e Spotify.

Blogueiros foram os primeiros, depois vieram alguns portais, eu pessoalmente fui co-produtor e co-criador de um dos primeiro podcasts hospedados no UOL, pelo website Bandas de Garagem em meados de 2007… Depois de anos sem se falar sobre, e com alguns nascendo e encerrando, o interesse retornou muito por causa do que acontecia lá fora. Comediantes começaram a utilizar e pessoas do mercado de publicidade e marketing enxergaram como uma oportunidade de apoio aos seus trabalhos.

Brasil, novamente, olha lá fora e importa o impulso de interesse e o mercado de publicidade aplica a mesma lógica. – Valendo destacar em paralelo, e de modo obvio, canais de podcasts ligados a entretenimento e cultura pop.

Estamos em 2020… (quase)

Aqui podcast já esta mais maduro, mas o brasileiro não sabe o como ou por que consumir. Novamente, batemos em questões como falta de bom acessos de conectividade, de apoio do mercado e também de interesse cultural geral – em alguns assuntos.

Temos podcasts incríveis já conhecidos por muitos que, literalmente, se tornam aulas espetaculares, mas temos no mesmo ritmo uma grande falta de originalidade e representatividade (seja por tópico ou estilo do programa), e isto faz com que só pessoas de mercados nicho ainda compreendam como funciona.

O que falta para a popularizar?

Algumas mudanças drásticas, de assuntos e ações que estão enraizadas no país – desde cultura até a própria educação. Uma política de incentivo que não preze pelo monopólio para tirar o Brasil da Era das Trevas do rádio, e na criação e respeito da pluralidade nas ofertas.

Para quem já ouve, precisa ainda aprender algumas dicas e truques para não ficar atarefado com mais conteúdo para consumir. Podcast pode ser um dos conteúdos que podem te cansar mentalmente, por variados motivos. Então, o casamento do cotidiano com os problemas de exaustão e saúde mental que afetam os jovem adultos, e a falta de interesse em abordar assuntos, sem precisar ser incentivado por algo na grande mídia, ainda é um problema.

O interesse existe, mas falta nossa própria organização para conseguirmos não só ouvir, mas se tornar um fã. Dito isto, vale lembrar que todos os podcasts que vou indicar abaixo, em um certo momento (ou um só ep ou dois), me ajudou a evoluir em conhecimento. Mas ao menos tempo se torna impossível ouvir todos os eps ou indicados. E, acredite, você não precisa… Assim como você tem suas series favoritas, você deve ter seu podcast favorito.

Aquela diferença entre youtube e podcast

Está no puro conteúdo. Se, por um lado, alguns youtubers conquistam pelo modo que representam sua pauta, por outra, ninguém gostaria de ouvir somente a voz exatamente da mesma pessoa, falando a mesma pauta. Pode cansar ou até ser compreendido de modo diferente.

Reservar um tempo, mesmo como ação paralela a outros afazeres, para ouvir um outro alguém é uma ação mais pessoal e precisa ser tratada como tal. É sim relevante você sempre navegar por opções, ou até mesmo ouvir eps completos de podcasts que nunca ouviu na vida, mas é mais importante ainda você ter aqueles seletos que te envolvem de certa forma, que passam conhecimento e realmente entregam benefícios para você após o consumo. – Para simplificar, é como nossos parentes com novelas ou amigos com filmes.

E aqui entra meu ponto sobre pluralidade, podcasts iguais, mais do mesmo, cansam, e identificar também o que te cansa é importante: No meu caso, podcasts que ficam fazendo piadas internas, mas isso é algo meu – gosto de conteúdo que fala comigo e para mim, e não como se eu estivesse invadindo o clube particular de alguém só para ouvir o que estão falando e aprender algo ali.

Essas pequenas atitudes de quem produz, geralmente é a ação que causa um fluxo inconstante de ouvintes. Criar uma conversa, e uma identidade, com o ouvinte é mais do que obrigatório, assim ajuda a mostrar que podcasts podem se tornar um canal de mídia único. Não é só acordar, fazer, publicar… Depende de muito trabalho de quem está do outro lado, e do contínuo play de quem ouve.

E aí, Jules, quem tu indica então?

Hoje não vou focar nos brasileiros, pelo simples fato de: O mercado esta popularizado com top 7 no máximo, todos já sabem quem são, e porque são bons, por isto citei acima o problema da pluralidade. Sinto falta de diversidade em vários sentidos. Por isto, meu foco aqui hoje é de podcasts gringos, e focado em publicidade, marketing, digital, criatividade e similares, e alguns destaques de BRs novos.

  • Com lembrança inicial e especial do Na Salinha, apresentado por Daniel Oksenberg, e foca em uma troca de ideias sobre criatividade – que conta com o apoio do Update or Die. Confira alguns eps clicando aqui também.

Eis as indicações:

Começamos com um podcast no estilo sandbox semanal, para insights de social media, histórias, experimentação e inspiração. É publicado toda segunda-feira com produção da galera do Buffer.

The Science of Social Media

Social Media Marketing

Michael Stelzner, do Social Media Examiner, ajuda as empresas a navegarem pela selva do digital com histórias de sucesso e entrevistas com especialistas e principais profissionais de marketing de social media.

Tech & Society

Aqui temos o Mark Zuckerberg em uma série de conversas sobre o futuro da tecnologia e da sociedade. E tem atualização quando… Dá para eles. #risos

Ad Age Marketer’s Brief Podcast

Um olhar semanal sobre as histórias que geram assunto no setor de marketing, com discussões com jornalistas e repórteres do Ad Age.

Twitter Character Count

O Twitter criou um podcast em que, cada episódio, apresentam uma marca diferente, criativa, surpreendente e eficaz com suas campanhas do Twitter Ads.

Marketing Scoop

David Bain e Judith Lewis, contam as últimas manchetes de marketing digital que podem afetar sua estratégia de negócios e marketing. É produzido pela galera do SEMRush.

Online Marketing Made Easy

Esse é um dos podcasts de maior sucesso ultimamente. Como faço para iniciar um negócio online? Aumentar minha lista de e-mail para milhares de inscritos? Vender mais e crescer mais rápido? Estas são apenas algumas das grandes questões que a estrategista de marketing on-line, Amy Porterfield, compartilha no Marketing Online Made Easy Podcast.

Chips With Everything

Um dos meus favoritos! Como um homem cego pode correr uma maratona pelo deserto com apenas um iPhone? Os filmes controlados pela mente mudarão o cinema para sempre? Semanalmente a jornalista Jordan Erica Webber tenta responder a perguntas como essas no podcast sobre cultura digital, Chips with Everything.

The Garyvee Audio Experience

The Garyvee Audio Experience, é apresentando e organizado pelo empresário, CEO, investidor, vlogger e palestrante Gary Vaynerchuk, aqui você pode ganhar um pouco de background sobre investidores e suas visões do mundo digital.

Yeah, That’s Probably an Ad

Junte-se à equipe de notícias desconfiada e cética da Adweek enquanto debatem os altos e baixos da criatividade, publicidade, marketing, mídia e tecnologia.

The Hacker Noon Podcast

Hacker Noon é um podcast que tem a colaboração de uma das maiores comunidades de TI do planeta.

Harvard Business Review Ideacast

Podcast semanal com os principais nomes em negócios e gerenciamento da Harvard Business Review.

Conan O’Brien Needs a Friend

Apesar da descrição comica: “Ao longo dos anos e apesar de milhares de entrevistas, Conan nunca fez uma amizade real e duradoura com nenhum de seus convidados famosos. Então, ele começou um podcast para fazer exatamente isso.”

O podcast mostra como Conan, um dos principais late night hosts do US, se reinventa a cada ano, e cada vez mais conseguindo atingir milhares de fãs ao redor do planeta, sempre entre jovens e adultos. – Conan O’Brien precisa de um amigo é uma oportunidade semanal para Conan sair com as pessoas que ele mais gosta e talvez encontrar alguma amizade real ao longo do caminho.

The Daily Show with Trevor Noah

Destaques e entrevistas do The Daily Show com Trevor Noah, considerado um dos mais interessantes e políticos no US, atualmente.

Marketplace

Educação do cenário político internacional: Através de histórias, conversas e números, um dos principais podcasts da NPR ajuda os ouvintes a entender o mundo econômico ao seu redor.

Money Girl

A Money Girl ajuda as pessoas a entenderam finanças pessoais de modo rápido e amigáveis, e dicas de investimento para ajudá-lo a ter uma vida mais rica (ao menos em conhecimento). – Esse podcast ganha espaço nesta lista por ser um dos mais ouvidos pelas novas gerações no US.

Being Boss

Being Boss é um podcast para empreendedores criativos, freelancers e side-hustlers, se você está querendo sair do seu trabalho do dia ou quer ser seu próprio patrão por um tempo, agora tem um podcast para ajudar.

The Do You Even Blog Podcast

Podcast que entrevista blogueiros de sucesso e empreendedores online.

The Liturgists

Michael Gungor, Mike Science, William Matthews e Hillary McBride apresentam uma conversa sobre os tópicos mais relevantes (ou bizarros) enfrentados pelas pessoas hoje. – Um dos melhores podcasts para ficar em alerta com os tópicos que o público esta debatendo no momento.

Lauren Conrad

Toda semana, a designer de moda, autora de best-seller do NYT e especialista em estilo de vida, Lauren Conrad apresenta uma variedade de especialistas para conversas francas sobre tudo, desde vida, amor e negócios! O foco do podcast é mostrar que, apesar de parecer nas redes sociais, nem todos tem a vida já planejada e pronta.

Ad Age Ad Block

Ad Block apresenta conversas casuais com grandes nomes da indústria. Os caras tem uma regra no programa: Nenhum convidado pode falar sobre a empresa ou os clientes. Nos permite então conhecer as pessoas por trás dos anúncios que curtiram, pois eles falam sobre qualquer coisa, exceto o ad.

Novidades do BR que vale o play

O Off Topic é o podcast da Mutato – onde se discute perspectivas atuais sobre o mercado de comunicação.

O podcast foca em conversas com jovens agentes de transformação nacionais que estejam repensando e querem aplicar a mudança na propaganda, apresentado por Lucas Schuch.

Esses são alguns que você deveria já estar de olho. Ainda tenho uma lista grande pessoal, mas fica para as próximas postagens.

Bônus

Para quem gosta de realmente sentir o cérebro em modo avançado, gosto de indicar os podcasts da MIT Press, que abordam sobre cultura, tecnologia e sociedade. E vale o lembrete de seguir a Radio Update Or Die por aqui, que aparece sempre com conteúdo exclusivos.

A equipe produziu e publicou entrevistas fantásticas direto de Cannes neste ano. Com a apresentação de nosso Gustavo Giglio, batemos um papo com a Barbara Soalheiro, fundadora do Mesa&Cadeira, com a produtora e filmmaker, Iris Fuzaro, que está a frente de projetos como o Le Tour Du Monde, e com Renata Bokel, Head of Consumer Enagament LATAM na IBM. Vale ouvir!

E ai, quais esquecemos? Lembre-se: Nada mais do mesmo.

Posts Relacionados

Confirmado: Ms. Marvel, She-Hulk e Moon Knight também estarão em filmes da MARVEL

Julio Moraes

Sony Music faz parceria com ‘The Onion’ para lançar novo podcast

Julio Moraes

Podcast discute o fazer publicitário + dica quente para ouvir em inglês, mesmo sem dominar o idioma

Paula Rizzo

Comente

Ad Blocker Detected!

Refresh