Um vazamento no UK expôs dados biométricos de mais de 1 milhão de pessoas

Você sempre pode alterar sua senha. Suas impressões digitais e rosto são outra história.

Um gigante vazamento de dados descobertos esta semana no Reino Unido inclui impressões digitais de mais de 1 milhão de pessoas, informações de reconhecimento facial, nomes e senhas não criptografados e outras informações pessoais da Suprema, uma empresa de segurança utilizada pela polícia, bancos e prestadores de serviços militares do Reino Unido, de acordo com a um relatório no Guardian.

The Guardian on Twitter

Major breach found in biometrics system used by banks, UK police and defence firms https://t.co/Ov6PrIQbSb

A Suprema administra o Biostar 2, um sistema de trava biométrica que controla o acesso e a vigilância em prédios protegidos. O vazamento foi descoberto pelos pesquisadores israelenses Noam Rotem e Ran Locar e pela empresa de segurança cibernética vpnMentor.

vpnMentor on Twitter

Check out our latest report: security platform BioStar 2 leaked MILLIONS of users’ biometric records. Read the full report here: https://t.co/6KpjPwzTK7

Esse incidente é diferente porque, além de dados e senhas pessoais, inclui biometria, como impressões digitais e informações de reconhecimento de rosto. O vazamento de dados está no centro de um dos grandes medos e críticas sobre o crescente uso da biometria: você pode alterar seu nome de usuário e senha com apenas alguns cliques. Seu rosto é para sempre.

Default image
Julio Moraes
Julio Moraes é empresário e atua na área de estratégia e planejamento em Marketing & Digital há mais de 16 anos e conta com trabalhos em mais de 20 empresas nacionais e internacionais. Atualmente vivendo e trabalhando em Los Angeles e com trabalhos ganhadores do EMMY® - The Television Academy e indicados ao HFPA® Golden Globes.
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh