Earworm: música explicada de um jeito que você nunca viu

Descobri agora esta série no YouTube, da empresa de mídia Vox, e fiquei fascinado com a qualidade e didatismo com que nela se apresentam conceitos da teoria musical de uma forma visualmente simples e atraente, como o melhor conteúdo produzido para a web. A série se chama Earworm e é apresentada pela videomaker e storyteller Estelle Caswell – que fala de pop, heavy metal, jazz, soul, rap, música eletrônica…. 

Earworm, para quem não sabe, é o termo que nomeia aquela obsessão que toma conta do nosso cérebro quando ficamos com uma música presa na cabeça (como uma “minhoca de ouvido”, “earworm”). Descobri também que a série foi indicada ao prêmio Emmy em 2018 nas categorias “Outstanding New Approaches: Lifestyle and Culture” e “Outstanding Graphic Design and Art Direction”. Nada mal.

Por exemplo, no episódio abaixo o monstrinho virtuose Jacob Collier, inglês de apenas 25 anos, destrincha a estrutura do clássico “Sir Duke” de Stevie Wonder. A aula poderia ser hermética para os não-músicos, pois fala de harmonia, escalas (cromática, pentatônica), blue notes e sobre a forma da canção entre outras coisas. Mas Collier é um rato da internet que cresceu demonstrando músicas em seu canal do YouTube, então sabe ser didático. E a produção visual de Earworm é bem clara e divertida, e graficamente inteligente nas analogias que cria para ajudar a explicar os princípios da música.

Destrinchando a estrutura de um clássico

Jacob Collier desconstrói “Sir Duke”, de Stevie Wonder

Outro dos muitos temas, o falsete, aquela região mais aguda da voz que conseguimos alcançar, homens e mulheres (muita gente acha que somente homens cantam em falsete, o que é uma bobagem). Que tal mensurar e descobrir o quanto é comum, no universo da música pop, cantores (homens) cantando bem agudo em falsete? Não apenas os Bee Gees ou Philip Bailey (Earth, Wind & Fire) mas muitos outros:

Mensurando o falsete

A frequência que a galera manda um agudo

De qualquer forma, fica aqui a dica pra quem quiser aprender mais sobre tudo o que compõe essa tal de música. Enjoy and join.

Default image
Marcos Azambuja
é músico, compositor e produtor musical

3 Comments

  1. Que privilégio viver no tempo em que existe o youtube!

  2. Né? A Vox tem vários podcasts de qualidade, também. Eles cruzam os conteúdos, de um pro outro. Essa Earworm, que eu não conhecia – póóóimmm! – me chegou por um desses podcasts, o “Switched On Pop”.

  3. Essa série é demais mesmo, o pessoal da Vox faz esse tipo de video como ninguém. Acho que tem uma série desse tipo também no The New York Times, não lembro direito, mas talvez “powered by Vox”. Os videos são incríveis, aula.

Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh