globo


Que lindo acerto juntar essa história com animação e a trilha clássica da Cinderela.

As fadas de verdade não têm asas e nem varinhas mágicas. Elas andam de skate e brilham nas manobras. Como a Rayssa Leal, a fada madrinha do skate que saiu de Imperatriz e ganhou o mundo.

A fim de tornar o skate um esporte mais inclusivo para o público feminino, a marca apresenta um filme protagonizado por Rayssa Leal, uma das nossas mais promissoras atletas e a pessoa mais nova a representar o Brasil no maior palco do esporte mundial. A fadinha do skate, como foi conhecida por muito tempo, é inspiração para todas as meninas ao redor do mundo e quer mostrar que no skate brasileiro ainda há espaço para muitas outras novas fadas – garotas que, assim como ela, serão capazes de realizar seus sonhos por meio do esporte.

Com apenas sete anos, Rayssa protagonizou um dos vídeos mais populares da internet em que apareceu realizando um heelflip (tradicional manobra de skate) fantasiada de fada. O que parecia somente mais um vídeo fofo da internet, acabou viralizando, transformando a vida de Rayssa, e se tornou uma bandeira para aqueles que defendem uma nova maneira de enxergar o esporte: sem barreiras, como sempre deveria ter sido.

A produção é da agência Wieden+Kennedy.

You May Also Like

Em ação da Stone, Fabio Porchat e Judite falam sobre atendimento

Judite protagonizou um dos vídeos mais lembrados do Porta dos Fundos, e agora ela volta repaginada, trabalhando na Stone e pronta pra atender em 5 segundos.

‘You Can’t Stop Us’ da Nike ganha o Emmy de comercial do ano

O comercial é uma obra-prima de edição feita a partir de uma extensa pesquisa em mais de 1000 horas de imagens.