Shang-Chi: Conheça o primeiro herói oriental do MCU a ter um filme próprio

Criado por Steve Englehart e Jim Starlin, Shang-Chi aparece pela primeira vez na HQ Special Marvel Edition #15 e dezembro de 1973, durante a chamada era de bronze dos quadrinhos. Em sua história mais tradicional (o personagem já foi reformulado pela Marvel diversas vezes), Shang-Chi tem como pai Fu Manchu, líder de uma importante organização criminosa e um vilão extremamente violento e ardiloso. Seu filho foi treinado a vida toda em diversos estilos de artes marciais a fim de servir como uma arma viva a seu serviço.
Entretanto, o herói era exatamente o oposto: possuía um espírito pacifista e senso de justiça, e só partia para a briga quando necessário (bem semelhante aos papeis do ator Bruce Lee nos cinemas, ator no qual foi baseado).
Em uma missão a serviços de Fu Manchu, Shang-Chi descobre a verdadeira face de seu pai ao conhecer o arqui-inimigo do criminoso, o sir Denis Nayland Smith. Diante disso, ele passa a combater a organização criminosa da qual fazia parte, junto com Smith outros aliados do MI-6.

Capa da Special Marvel Edition #15, primeiro quadrinho a contar com Shang-Chi.

Os Dez Anéis
A origem do herói, entretanto, parece que passará por uma adaptação para chegar as telonas: uma grande possibilidade é que seja filho do Mandarim, líder da organização Os Dez Anéis, (que nos quadrinhos tem como arquirrival o Homem de Ferro). No MCU, Os Dez Anéis já estiveram presentes com o filme Homem de Ferro de 2008, com um pequeno easter-egg: o líder dos terroristas que manteve Tony na caverna utilizava dez anéis, um em cada dedo. Mais tarde, com Homem de Ferro 3, o vilão principal é um ator, Trevor Slattery (Bem Kingsley) que se faz passar pelo Mandarim. Entretanto, no curta metragem do filme Thor 2: Mundo sombrio, o Mandarim falso, preso em uma penitenciaria desde os acontecimentos em Homem de Ferro 3, é sequestrado pela real organização dos Dez Anéis por ter se apropriado do nome de seu líder de modo indevido. Confira abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=mceyJxMuYFE
Curta All Hail the king, mostrando mais sobre a organização Os Dez Anéis.

Repercussão
Com o grande sucesso de Pantera Negra de 2018, com diversos recordes como Maior abertura de um filme solo de super-heróis (na sexta-feira nos EUA foi de U$ 75 milhões), Maior bilheteria de um filme solo de super-heróis (U$ 1.3 bilhão) entre diversos outros, a Marvel busca manter um fator essencial para o filme de Shang-Chi: representatividade. Não é segredo que o mercado do cinema da China é um dos maiores do mundo (no primeiro trimestre de 2018 a venda de ingressos chegou a 20,21 bilhões de yuans, equivalente a U$ 3.17 bilhões), e a Marvel quer abocanhar esse mercado com um personagem com quem o público local possa se identificar.

Simu Liu no painel da Marvel durante a Comic Con.

O ator a incorporar o protagonista será Simu Liu, e o casting foi decidido somente na última quinta-feira, dia em que o evento da Comic Con 2019. O canadense começou sua carreira com personagens figurantes até 2015, quando conseguiu um papel recorrente na série canadense Blood and Water. O ator chegou até a receber uma indicação por melhor performance de um ator convidado no Canadian Screen Awards. A partir dai, Liu passou a aparecer em episódios de Orphan Black e The Expanse, ganhando fama e conquistando seu primeiro papel de destaque como Jung em Kim’s Convenience, uma série de comédia uma família coreano-canadense.

O filme Shang-Chi tem como data de estreia 12 de fevereiro de 2021.

Default image
Estevan Sanches
Publicitário, movido por tentar compreender as diferentes relações sociais que movem o nosso mundo. Membro no conselho do Centro Acadêmico 4 de Dezembro da ESPM.
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh