O Irish Punk dos brasileiros do R.A.T.S.

https://www.youtube.com/watch?v=WGRbDH7Cu3U&app=desktop
“Tripulada por músicos bem rodados da cena carioca, que apesar das muitas horas navegadas, ainda nao haviam dividido a mesma embarcação. a RIOT ABOARD THE SHIP (R.A.T.S.) nascida no inicio de 2011 a partir de uma brincadeira proposta por Fernando Oliveira (Canastra) ao seu amigo Bruno Pinella (Te Voy a Quebrar): – Ja que não existe bandas de irish punk no Rio pra gente se divertir, vamos nós formar uma e assim nos divertimos duas vezes! – Desafio aceito. Mas foi mesmo em 2012 que o barco começou a içar velas, quando os marujos Kito Vilela (De’La Roque) Bernardo Pança (Eight Microwave) e Fernando Bastos (Go East Orkestar) se juntaram ao motim.”
Com essa formação, o R.A.T.S. passou por tradicionais casas de rock e pubs irlandeses do Rio de Janeiro, festas de St. Patrick’s Day e grandes festivais como: Flaming Night de BH e um show memorável no Rock in Rio de 2013. Assim seguiriam até inicio de 2014 quando o baterista Bernardo Pança precisou deixar a banda passando o posto a Rodrigo Barba (Los Hermanos)

Tradicionais musicas irlandesas interpretadas com pegada rock n’ roll dividem o set list com clássicos nacionais e internacionais do punk rock/hard core, todos revistos com arranjos e instrumentos folk. É o tão celebrado “Irish Punk”.

Bem interessante.

Além de algumas homenagens as bandas que influenciaram a existencia do R.A.T.S. Como Flogging Molly, Dropkick Murphys, The Pogues, The Dreadnoughts, Dubliners, The Rumjacks, Greenland Whalefishers, Gaelic Storm e The Mahones entre outras.

O EP será lançado pela CRASSO Records.

Default image
Gustavo Giglio
Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh