in

LEGO Forma, a linha de brinquedos para adultos

Livros pra colorir, action figures, desenhos animados… A lista de coisas que “na teoria” são pra crianças, mas colecionam uma legião de fãs adultos é enorme. Entre esses itens, poderíamos ainda acrescentar as coisas da LEGO.
 
Pensando nisso, a marca criou uma linha específica voltada para o público adulto. Segundo a descrição do site, são produtos desenvolvidos especialmente para quem procura diversão e uma maneira de se reconectar ao seu lado criativo. É o tal do “casual creative”, isto é, produtos para as pessoas relaxarem de forma criativa.

O processo da montagem dos brinquedos tem como objetivo fazer relaxar e o resultado final traria “um toque de bom gosto adicional para qualquer cômodo”.
 
A linha inicial é formada por figuras de peixes – a primeira peça é um peixe Koi nas cores preto, branco, laranja e cinza. Há ainda opções de outros dois peixes Koi – um colorido e outro preto e branco – ou de tubarão, todas com a mesma estrutura de base. O valor da versão “oficial” é 46 dólares, e na opção customizável acrescentam-se mais 15 dólares. E, apesar do lançamento ser recente, o produto já está esgotado.

Na plataforma de financiamento coletivo Indiegogo, usada pela marca, é possível assistir um vídeo onde Kari Vinther Nielsen, Senior Marketing Manager da LEGO, explica a história da criação da linha.

Segundo ela, trata-se de uma “premium lego experience”. Por ser um processo longo – montar o brinquedo completo leva algumas horas – possibilitando as pessoas se desconectarem de outros assuntos e pararem para fazer algum tipo de trabalho manual, algo não muito comum na rotina da maioria das pessoas adultas. “No fim, há ainda o sentimento de orgulho de ter construído algo bonito, que você vai querer ter na sua casa.”, diz Kari. 

O projeto é de fato interessante mas, pelo vídeo, parece um tanto quanto complexo. O resultado final é um peixe que, por meio de manivelas, muda de forma, dando a impressão de que ele está nadando. Aparentemente bem difícil de montar. E se não der certo, ainda podemos seguir roubando os LEGOs das crianças sem problema nenhum… 

Reportar

Hero

Escrito por Gustavo Giglio

Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.

100 Posts Mr. Postman!1000 Posts NinjaContent AuthorStory MakerVotador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote