O gingado da Lua

TRILHA DO POST: Moondance (Van Morrison)

Se você pudesse ficar encarando a lua durante um ano inteiro e acelerasse essa memória para apenas 2 minutos e meio, o resultado seria o que você vê nesse video. Um ano de lua, em 2 minutos e meio.

A cada 12 segundos, um mês. Um ciclo completo, com as quatro fases: nova, crescente, cheia e minguante.

A sombra sobre a lua, ao contrário do que muita gente imagina, não é a da terra, é simplesmente a posição em relação ao sol.

E apesar de saber que a face que conseguimos ver é sempre a mesma, eu não tinha idéia dessa característica peculiar:

A Lua rebola!

Olha só, praticamente brasileira, cheia de malemolência e de swing. Ela faz esse balancinho simpático por causa de uma pequena inclinação em seu eixo, como temos aqui na terra também (e que fica bem evidente nesse gif animado aí ao lado).

O video, captado pelo Goddard Space Flight Center Scientific Visualization Studio, usa dados do Lunar Reconnaissance Orbiter e é considerado o mais preciso feito até hoje, com um grau de detalhe topográfico e de sombras nunca vistos antes.
E se você quiser ver como a lua se apresentará hoje no céu, veja aqui. Aliás, outra coisa que eu não sabia: a lua aparece na mesma fase para todos nós aqui na terra. A única diferença é a direção em que a sombra anda, dependendo se você está acima ou abaixo do equador.

Dizem que a rotação da água aí no seu vaso sanitário na hora da descarga também muda, mas acho que não, não…

Default image
Wagner Brenner
Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh