Todas nós já fomos diminuídas, em maior ou menor grau, pelo simples fato de sermos mulheres. E em consequência do nosso gênero, somos frequentemente definidas como muito emocionais, muito sensíveis, muito ambiciosas, muito dramáticas, muito “mandonas”, muito determinadas e muito de muitos outros tantos adjetivos.

Fato é que a cultura nos moldou para sermos modelos perfeitas a servir a sociedade e sempre que uma mulher se destaca por sua força, habilidade ou competência, surge uma comissão julgadora pronta para as definir. Assinada pela agência Badger & Winters (da fantástica Madonna Bader), é esta a mensagem que a nova campanha da Olay escancara, já que este superlativo costuma carregar julgamento e nós não temos que nos envergonhar disso, porque desta vulnerabilidade aprendemos que ninguém nos diz quem somos, a não ser nós mesmos.

Eu adorei, e você? #faceanything

Total
16
Shares