in ,

A história do Air Force em versão visual e documental

Um dos tênis mais emblemáticos da Nike, o Air Force 1 foi lançado há 36 anos e é o modelo com maior número de versões da história. Em 1982, quando surgiu sua primeira versão, ele era totalmente voltado aos jogadores de basquete, com cano alto, cinta ao redor do tornozelo e ajuste fino.

Já no ano seguinte, o modelo foi revisitado e lançado com os canos baixos, desta vez menos com cara de basquete e mais pensado para o dia a dia. 

A história desse tênis quase acabou pouquíssimo tempo depois, ainda em 1982, em meio aos rumores de que a marca descontinuaria o modelo no mercado. O que reverteu a situação foram os pedidos do público e dos próprios lojistas, especialmente na cidade de Baltimore. E então, novos modelos surgiram, com outras cores e detalhes mais modernos.

Foi só em 2001 que o primeiro modelo feminino, disponível em tamanhos menores, foi lançado. Sim, demorou um bocado, mas as mulheres logo foram conquistadas pelo tênis. No mesmo ano as primeiras versões colaborativas foram anunciadas.

Em 2010 o Air Force ganhou versões mais tecnológicas e visualmente mais diferentes. Foi o ano de surgimento dos modelos Foamposite, Hyperfuse, Liquid Metal e Flyknit. Mais tarde, em 2014, ele ganhou de vez o mundo na moda e fez suas primeiras aparições em desfiles, com criações ainda mais ousadas e colaborações com nomes do meio.

No ano passado, o modelo celebrou 35 anos e, por isso, a marca voltou às origens, renovando a clássica versão na cor branca e de aparência mais esportiva. Já neste ano, foi a vez dos tênis ganharem um solado que brilha no escuro, em uma das versões mais inusitadas lançadas até hoje. 

No YouTube, há um documentário que repassa toda essa história em forma seriado, dividido em episódios. O primeiro deles se chama “The Promised Land” e se passa em Philadelphia, nos EUA, revisitando a origem dos tênis no mundo do basquete. O título remete ao atleta Moses Malone, que na época foi destaque em uma reportagem com a chamada “Moses Malone takes Philadephians to the promised land”. 

O projeto editorial do Update or Die na CCXP tem o oferecimento da Artwalk, marca que acredita e compartilha os nossos valores. Acompanhe nossa cobertura e veja todos os posts aqui



Reportar

Hero

Escrito por Gustavo Giglio

Updater, sócio do UoD, diretor de marketing/novos negócios.

100 Posts Mr. Postman!1000 Posts NinjaContent AuthorStory Maker

Gostou do post?

82 points
Upvote Downvote

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0