“Acredite em algo. Mesmo que isso signifique sacrificar tudo”.

Corajoso o novo passo da Nike na campanha que celebra os 30 anos do “Just Do It”. Na semana passada, a polêmica sobre o uniforme de Serena Willians, ontem o anúncio com Colin Kaepernick. O atleta da NFL movimenta polêmicas desde 2016, quando começou a protestar contra a violência policial do país dirigida a jovens negros. Fez isso – muito – durante o hino nacional antes dos jogos (senta no banco ou ajoelha no gramado durante). Colin está sem time por causa das polêmicas.

A ação da Nike gerou polêmicas e dividiu fãs-consumidores. Alguns queimaram produtos, outros pediram boicotes e as ações caíram 3%. Acredito que, de qualquer forma, a imagem da marca ganha ainda mais força e o título não poderia ter sido mais assertivo.


Also published on Medium.

Total
65
Shares