A terceirização da ginástica e a preguiça que não é de hoje

Dizem que a necessidade é a mãe da criatividade. Mas na verdade é a preguiça mesmo.

Quando ainda morávamos em cavernas, não nos preocupávamos muito em ir para academia gastar umas calorias. Mamutes, tigres-de sabre e fome nos mantinham em forma. Evoluímos e criamos outras formas de sobreviver sem suar tanto. Mas logo depois precisamos inventar o exercício. Hup! Hup! E desde sempre tentamos descobrir uma equação que resolva gasto de caloria sem esforço (ou coisas gostosas com baixas calorias).

Um workout, sem o work. Ou, um “outwork”.

Abaixo algumas imagens desses criativos vagabundos da ginástica, preguiçosos da era vitoriana que inventavam máquinas que teoricamente faziam aquela parte chata do exercício físico chamada de “esforço”.

Default image
Wagner Brenner

One comment

  1. Esse povo aí até podia criar esse monte de aparelho de pura enganação, que não dava resultado algum e se dar ao luxo de se dar por satisfeito, pque naquele tempo não se comia as tranquêra de hoje e a obesidade não era uma epidemia mundial, né?

    No século 21, o afundo é bem mais embaixo!
    hehehh

Leave a Reply

Ad Blocker Detected!

Refresh